24 novembro 2017

25 DE NOVEMBRO DIA MUNDIAL DA NÃO VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER


Em todo o mundo  mulheres são vitimas de violência, muitas justificadas por ordens culturais ou religiosas; abuso verbal, emocional,  físico, sexual. Seja qual for a sua forma, possui números alarmantes.

Foto: Christopher Campbell
A realidade das mulheres vitimas de violência é assustadora, com o objetivo de combater essa prática em 1999, a Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas instituiu 25 de novembro como o Dia Internacional da Não-Violência Contra a Mulher, em homenagem às irmãs Pátria, Minerva e Maria Teresa, militantes conhecidas como Las Mariposas, que lutavam contra a ditadura de Rafael Leônidas Trujillo Molina, ex-presidente da República Dominicana. As irmãs foram presas juntamente com seu maridos, como a prisão causou forte comoção o ditador foi obrigado a liberta-las, mas por trás da ação havia um plano de assassina-las. 


Em 25 de novembro de 1960, as irmãs foram assassinadas na volta de uma visita a seus maridos na prisão. Vítimas de uma emboscada, foram levadas para um canavial e foram apunhaladas e estranguladas até a morte. Diante do martírio o povo dominicano resolve se somar na luta pelos ideais democráticos das Mariposas o que desencadeou um protestos em massa e contribuiu para a queda do regime de Trujillo em 1961.

Neste dia voltado para discussões em torno do assunto da não violência contra a mulher, nos questionamos sobre quantas mais deverão ser mortas, mutiladas, humilhadas para de fato haver ações de garantia de direitos? Quantas mais devem entrar na estatística? 

A ONU estima que, no mínimo, 5 mil mulheres são mortas por crimes de honra no mundo por ano. 

70% de todas as mulheres do planeta já sofreram ou sofrerão algum tipo de violência em, pelo menos, um momento de suas vidas — independente de nacionalidade, cultura, religião ou condição social (ONU).

Mais de 100 milhões de meninas poderão ser vítimas de casamentos forçados durante a próxima década, segundo estudo do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

Mais de 135 milhões de meninas e mulheres vivas já foram cortadas nos 29 países da África e Oriente Médio, onde a prática está concentrada. A ONU estima que até 2030 mais de 86 milhões de meninas ainda serão mutiladas. Em média, 6 mil mulheres por dia sofrem mutilação genital.


Já falamos aqui sobre a  lei do Feminicídio que define quais são as formas de punições para quem assassinar uma mulher assim como a  Lei 11.340/06 , conhecida como lei Maria da Penha. Mas sabemos que as alterações legais não inibiram a prática desse tipo de  violência no Brasil. A prevenção se faz necessário. Mas quando ocorre, a efetividade da lei precisa de fato acontecer os serviços essenciais devem atender as necessidades das mulheres e meninas, vale sempre lembrar que lei não é garantia de direitos. 

23 novembro 2017

LEVANTANDO A AUTOESTIMA: DICAS BÁSICAS DE MAQUIAGEM

Maquiar não deve ser obrigação e sim prazer, assim como tudo na vida. Esta é uma forma de arte, é como um artista ao pintar uma tela fazendo uso de tons, subtons, degradé, pincéis, cores...


Você não precisa ser uma profissional, e saber de todos os detalhes necessários para uma boa maquiagem, tão pouco  ter uma maleta cheia de itens para ficar bem produzida. Com batom, lápis e rímel, já conseguimos sair do básico e realçar o visual. Para quem gosta de uma pele com aspecto mais saudável e de corrigir imperfeições; base, corretivo, pó e blush não podem faltar. Vamos conhecer esses itens um pouco mais.


Lápis 


Dentro das suas variações, preto, branco e nude, pode ser usado na linha dágua ou rente aos cílios. Hoje o meu preferido é o lápis preto da Natura Una, sua aplicação é pratica desliza facilmente por ser suave e por ter toque aveludado , e ainda, possui cor intensa não borra facilmente, e o melhor, possui longa duração. O retrátil da linha MakeB de O Boticário e o Ultra Color da Avon, assemelham -se  mas perdem em qualidade ao que refere-se a duração.

Batom



Passar batom parece fácil, mas não é tão simples assim. Não tenho um preferido, porém os líquidos é uma ótima indicação, pela cor ser mais intensa, e ser de fácil aplicação pois com o próprio aplicador podemos fazer os contornos. Falando em contorno, esse é o segredo de um bom uso do batom. Desenhar a boca realça os lábios e deixa a maquiagem ainda mais bonita, com cores fortes como o vermelho e o vinho, esta  uma regra indispensável.

Rímel



No mercado existe vários tipos de rímel, para alongar e dar volume, mas o segredo de tudo esta na aplicação, construir camadas e fazer movimentos de zig zag é uma ótima dica. Já usei de muitas marcas, não tenho preferidas. Apenas não indico o da    Belle Angel que comprei  pela praticidade de ser dois em um: rímel e delineador,  mas que pude constatar que não vale o investimento, o produto não é bom, depois que seca craquela soltando pequenos fragmentos que estragam a maquiagem.

Base



A base tem a função de uniformizar o tom da pele, particularmente não gosto de bases com alta cobertura a maquiagem tem que ter o aspecto o mais natural possível achar o tom ideal para seu tom de pele e aplicar pequenas quantidades é uma ótima dica. Das que faço uso a da Ricosti é a que menos gosto sua cobertura deixa um aspecto muito artificial, a da Mary Kay é muito boa, uma das melhores, porém não é muito favorável para fotos.

Corretivo




O corretivo tem a função de cobrir falhas nas quais a base por si só não cobriria, como as indesejáveis olheiras. Hoje existe pigmentações com diferentes finalidades, os chamados corretivos camufladores, mas seu uso mais comum é para iluminar a maquiagem, os da Ruby Rose são os meus preferidos para esta finalidade, já para cobrir falhas este perde em qualidade. Atualmente nas correções uso a paleta da Playboy com 8 pigmentos uma dica para usar esta paleta é dissolver os corretivos com o demaquilante da Nívea caso contrário podem craquelar no rosto.



O pó tem a função de selar a base e o corretivo, o meu preferido é o pó solto translúcido da linha Skin Perfection da Eudora, depois que comecei a usa-lo não quis mais saber de outro. Mas deve-se ressaltar que devemos ter cuidado ao usar e ao escolher um pó translucido, na duvida é melhor escolher um que se aproxima do tom de sua pele.

Blush



O blush tem a função de dar um aspecto mais saudável a pele, a aplicação deve ser com pequenas quantidades e esfumando. Nunca esqueça que na maquiagem menos é mais. Na escolha do produto prefira os de efeito matte e suave, atualmente uso o trio de blush da linha Skin Perfection da Eudora,  que além de ter essas qualidades, conta com três tons que podem ser usados separados ou juntos. 


A maquiagem tem a função de realçar a beleza natural com pequenos truques. Esta é uma ótima aliadas para aumentar a autoestima da mulher; algumas mais radicalistas acreditam que é apenas mais uma forma de imposição social, idealizados pela mídia para estimular a indústria de cosmético. Já eu tenho a maquiagem como um acessório que confirma a personalidade e o estilo que queremos de acordo com a ocasião.

17 novembro 2017

MULHER DISSIMULADA E FATAL

 Descrita como aquela que usa seus dotes físicos e sexuais, para conseguir o que almeja sendo traiçoeira, ardilosa e oportunista. 


Em muitas situações a mulher é colocada como a perdição do homem capaz de destruí-lo de forma dissimulada e fatal. Este como todos os estereótipos em torno da figura feminina é bem antigo e ganha força tendo como base um preconceito muito comum; o de se achar que, a figura da mulher estaria diretamente associada ao pecado, seja pela narrativa do Gênesis, em que se tem Eva como aquela que induz Adão ( o primeiro e mais puro dos homens) a pecar, ou seja pelo corpo feminino, que poderia levar à luxúria.




O corpo feminino, com suas curvas e seios avantajados podem destruir famílias e levar um homem ao declínio, segundo o clichê da mulher dissimulada e fatal essa destruição esta relacionada a sexualidade. Resumindo a mulher leva a culpa do homem não conseguir, ou não querer controlar seus impulsos sexuais. 

Na concepção religiosa analisando a bíblia sagrada podemos tentar entender o conceito de mulher como símbolo de fraqueza humana. No livro de gêneses temos a narrativa da primeira mulher seduzida e persuadida pela serpente. A serpente escolhe a mulher julgado o elo fraco e não o homem, que por sua vez não foi fraco e sim foi induzido pelo poder demoníaco feminino.
A sensualidade e sexualidade da mulher deve ser reprimida a fim de preservar o homem, vitimado desde o pecado original. A bíblia que segundo a fé cristã foi escrita por Deus e os homens, trás varias passagens que colocam as mulheres nesta situação, ( essas com certeza foram as partes escritas pelos homens). Não quero aqui falar de religião e fé assuntos que julgo inquestionáveis, cada um deve vivê-la da forma que melhor lhe convém, mas é incontestável que muitos dos estereótipos voltados para a mulher ganham força no discurso religioso.

Toda pessoa, seja homem ou mulher, é dotada de diferentes facetas, estereotipar alguém limita o olhar sobre esse alguém e é desse ponto que surgem os preconceitos que limitam e oprimem. Há tanto preconceito entorno da imagem da mulher, que mesmo com todos os avanços e conquistas esta ainda é inferiorizada, mesmo que de forma velada. Este é apenas um em meio a tantos rótulos femininos que existem que surgem e ganham força através do tempo.