06 novembro 2016

DAMA SEDUTORA (Cherry)

Poema escrito por Italo Ramon dedicado a Gislainy passos. 


Gislainy Passos- foto: Hyago Kayann


Musa da solidão,
soberana que rege a minha emoção.
Retrato perpassado sob meus olhos,
recordando o teu olhar marcante e sedutor.
Olhos verdes, mas que pareciam negros.
Cerejas designadas a fascinar,
homens utópicos iguais a mim,
de natureza frágil e coração fútil.
Cerejas semeadas em solo fértil!
Menciono ainda os teus olhos,
perpassados de convicção e emoção
a respeito dos desamores.
Um olhar triste,
impulsionado pela falta de cores.
Sofro, luto, canto e avanço,
em busca dos teus olhos de cereja.
Ó cerejeira negra e exótica,
dá-me do teu fruto o vigor sedutor,
da tua boca o sangue e a seiva narcótica.
Passai, ó dama dos meus sonhos,
continuai a enegrecer os meus dias.
Eu, pobre e desprezível criatura
necessito de tua glória.
Tu, cheia de esplendor e doçura,
torna-te hoje a mais bela rasura.



Italo Ramon de melo, Maranhense de 23 anos, com criatividade peculiar para produzir e uso rebuscado das palavras, consegue transmitir singular lirismo em suas produções. Sua obra é carregada de melancolia e intimismo, deixando clara sua característica como poeta elegíaco, ele mesmo se autointitula no poema: "homens utópicos iguais a mim,/ de natureza frágil e coração fútil."O mesmo merece fazer parte deste blog, pela nobreza na qual refere-se as mulheres, e a primazia que sua obra exprime. Ainda vamos ouvir falar muito de Italo Ramon, seu trabalho ainda está em fase inicial, e já coleciona grandes poemas.